Mardem Machado esclarece quando a dor ao evacuar deve ser motivo de uma consulta médica

Mardem Machado esclarece quando a dor ao evacuar deve ser motivo de uma consulta médica

Na maior parte dos casos, a dor ao evacuar não é sinal de um problema grave, mas é sempre aconselhado consultar um médico para iniciar o tratamento mais adequado, especialmente se surgirem sintomas como, febre acima de 38º C, sangramento excessivo ao evacuar, dor muito intensa, que impede de sentar ou caminhar, e vermelhidão ou inchaço excessivo da região.

A explicação é do coloproctologista Mardem Machado, da Clínica Vida Diagnóstico e Saúde, segundo o qual a dor ao evacuar geralmente está relacionada com alterações na região anal, como hemorroidas ou fissuras, mas também pode acontecer por variações nas fezes, especialmente quando são muito duras e ressecadas.

Assim, explica o especialista, se este tipo de dor surgir em uma pessoa com prisão de ventre, normalmente acontece porque as fezes estão muito duras e por isso podem provocar lesões ao passar no ânus. “Porém, se existir suspeita de uma alteração no ânus, é importante uma avaliação médica para identificar o diagnóstico e iniciar o tratamento correto”.

A seguir, detalhes sobre os problemas de saúde que podem provocar a dor ao evacuar.

Hemorroidas

As hemorroidas são uma das principais causas de dor ao evacuar e, normalmente, além da dor, também provocam sangramento podendo surgir sangue no papel higiênico ou mesmo no vaso. A hemorroida é semelhante a uma variz, pois é uma veia dilatada que surge no ânus, especialmente em quem tem prisão de ventre, já que podem surgir pelo aumento da pressão ao tentar evacuar.

Na maioria das vezes, as hemorroidas não causam nenhum outro sintoma, mas existem casos em que a pessoa pode ainda sentir coceira na região anal e desconforto durante o dia. No caso de a hemorroida aparecer na região externa do ânus, pode ainda ser possível sentir um ligeiro inchaço na região.

Prisão de ventre

No caso de pessoas com prisão de ventre, a dor ao evacuar é muito frequente, não só porque precisam fazer mais força, mas porque as fezes são muito duras, podem acabar lesionando a região anal ao saírem e causar pequenas feridas. Por essa razão, também é comum o surgimento de pequenas manchas de sangue no papel higiênico, que aparecem pelo sangramento dessas feridas.

Fissura anal

A fissura anal é uma pequena ferida que pode surgir na região anal, acontecendo quando há um trauma na região, como quando se limpa o ânus em excesso, quando se tem fezes muito duras ou devido a outras doenças como Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) ou doença de Crohn, por exemplo.

Embora a fissura possa causar sensação de ardência durante o dia, a dor geralmente é mais forte ao evacuar, devido à passagem das fezes. Por se tratar de uma ferida, existe um maior risco de infecção, o que pode acabar provocando inchaço da região e dor muito intensa durante todo o dia.

A dor ao evacuar também pode ser originária de um abcesso anal ou da endometriose intestinal.

Embora seja mais raro, alguns tipos de câncer, como o câncer do reto ou da próstata, também pode causar dor ao evacuar. “E, por isso, é sempre importante fazer uma consulta com um médico para despistar esses problemas mais graves”, pondera Dr. Mardem Machado.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Fale Conosco

Ressonância Magnética, incluindo a Ressonância Cardíaca
Tomografia Computadorizada – Ultrassonografia
Mamografia – RX, Equipamentos com mínima irradiação

Endoscopia – Colonoscopia – Retossigmoidoscopia –
Ecoendoscopia

Anestesiologia – Cardiologia – Cirurgia Geral – Cirurgia Oncológica – Cirurgia Pediátrica – Cirurgia Plástica – Cirurgia Vascular – Clínica Médica – Coloproctologia – Dermatologia – Endocrinologia – Gastroenterologia – Geriatria – Ginecologia – Hepatologia – Infectologia – Mastologia – Medicina de Família – Nutrição – Neurologia – Neurocirurgia – Neuropediatria – Obstetrícia – Ortopedia – Oftalmologia – Otorrinolaringologia – Patologia Clínica – Pediatria – Pneumologia – Psicologia – Psiquiatria – Reumatologia – Urologia

Ortopedia e Traumatologia – Especialidades Joelho, Quadril, Coluna, Ombro e Cotovelo – Ortopedia Pediátrica

Para sua melhor comodidade,
levamos as vacinas até sua
casa, condomínio, empresa,
escola e hospitais, seguindo
padrões rígidos de controle
de temperatura e de qualidade.
Utilizamos em nossas aplicações
de vacinas a tecnologia
Cool-Pulse™ (dispositivo Buzzy™),
para redução da dor durante o
procedimento.

Consultas com Médicos Especializados – Exames de Audição (surdez) – Exames para Labirintite (tontura) Testes para Alergia Respiratória – Teste da Orelhinha Vídeo Nasofibroscopia – Vídeo Laringoscopia (cordas vocais) Vídeo Estroboscopia Laríngea – Avaliação Funcional da Deglutinação
Cintilografia Óssea – Cintilografia Óssea Trifásica Cintilografia do Miocárdio – Cintilografia Renal Cintilografia Cerebral – Cintilografia de Tireoide Cintilografia Pulmonar – Cintilografia com Gálio Cintilografia de Refluxo Gastroesofágico Cintilografia de Paratireoide – Cintilografia das Glândulas Salivares – Cintilografia de Viabilidade Miocárdica