Alimentação rica em cálcio e exercícios físicos regulares ajudam a combater doenças nos ossos

Alimentação rica em cálcio e exercícios físicos regulares ajudam a combater doenças nos ossos

Uma alimentação rica em cálcio e a prática cotidiana de atividades físicas são fundamentais para a prevenção de problemas nos ossos. A orientação é do ortopedista Rodrigo Florêncio, alertando para a maior incidência de doenças como osteoporose em idosos.

“Problemas nos ossos são muito raros. Eles geralmente ocorrem em forma de tumores entre os mais jovens. Há também os excessos praticados por este mesmo público, que muitas vezes se empolga com as atividades físicas e acaba por forçar demais os ossos e a sofrer fratura por estresse”, pontua o ortopedista.

Rodrigo Florêncio explica que a fratura por estresse não chega a separar o osso. “É aquela parte que fica mais sensível e dolorida após o osso sofrer uma sobrecarga, o que pode ser diagnostica por meio de raio x ou ressonância”.

Outro problema que pode acometer o osso já na melhor idade são fraturas associadas à osteoporose, que é a falta de cálcio e geralmente ocorre a partir dos 60 anos. “Tanto homens quanto mulheres passam por alterações hormonais que favorecem a perca cálcio, quando ele deixa o osso e vai para a corrente sanguínea”.

Estes casos, segundo o ortopedista, devem ser combatidos com reposição hormonal sob orientação médica e a adoção de atividade física para combater o sedentarismo, responsável por deixar a parte óssea e muscular enfraquecida.

“Devemos todos fazer atividade física, buscando análise criteriosa de um profissional da cardiologia e da ortopedia para que não surjam problemas, impedimentos, riscos de lesão ou doença ortopédica. Um check-up é mandatório”, afirma o médico, incisivo.

Rodrigo Florência observa que as pessoas, na atualidade, têm uma vida diária corrida, dividida entre os afazeres domésticos e o trabalho, fazem com que muitas vezes se esqueçam de si mesmas para se entregar a outras atividades.

“Não podemos permitir que isso aconteça e se perpetue. Os exercícios fortalecem a parte muscular, tonificam o corpo, emagrecem principalmente se for associado a dieta, e, na faixa etária acima dos 60 anos, traz potência muscular, elasticidade, melhora do equilíbrio, flexibilidade, potência, menos dor, menos riscos de queda e consequentemente de fraturas”, pontua o ortopedista.

Já no período laboral, é importante que as pessoas se atentem à postura no local de trabalho. “Muitos passam várias horas sentados ou em pé e isso pode trazer consequências. Hoje em dia há empresas que têm essa preocupação com o colaborador, desenvolvendo programas de alongamento, pausas para ginástica laboral, e orientações de como se postar para não vir a ter dor”.

Na hora de dormir

O mercado oferece uma infinidade de marcas e tipos de colchões e travesseiros e há um grande apelo comercial em torno destes produtos. Cabe ao cliente, orienta o ortopedista Rodrigo Florêncio, escolher um colchão que esteja relacionado com o seu peso e sua altura, nem muito mole, nem muito duro.

“E com relação ao travesseiro, evitar aqueles muito altos, porque deixam a musculatura muito tensa, podendo ocasionar dores na coluna cervical e na cabeça. O correto é deita de lado com o travesseiro na cabeça e outro no vão das pernas. Nessa posição a coluna fica alinhada, não fica torta e as pessoas dormem melhor e previnem dores”, conclui o especialista.

Dia do Ortopedista

Neste dia 19 de setembro é comemorado o Dia do Ortopedista, data criada em homenagem à Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, fundada em 19 de setembro de 1935. Os ortopedistas surgiram para melhorar a qualidade de vida das pessoas, buscando desenvolver técnicas que ajudem a corrigir algumas deformidades, aliviar dores e deixar o corpo o mais saudável possível.

O médico ortopedista é o responsável por esta complexa especialidade, que abrange cuidados aos ossos, articulações, músculos e ligamentos.

A partir da necessidade, a ortopedia vem se desenvolvendo cada dia mais, tendo como marco o início do século XX, pois a criação dos Raios-X teve muita importância para o desenvolvimento e é uma técnica usada até hoje, que ajuda os profissionais a detectarem e fazerem a correção das partes do corpo que necessitam.

Fale Conosco

Ressonância Magnética, incluindo a Ressonância Cardíaca
Tomografia Computadorizada – Ultrassonografia
Mamografia – RX, Equipamentos com mínima irradiação

Endoscopia – Colonoscopia – Retossigmoidoscopia –
Ecoendoscopia

Anestesiologia – Cardiologia – Cirurgia Geral – Cirurgia Oncológica – Cirurgia Pediátrica – Cirurgia Plástica – Cirurgia Vascular – Clínica Médica – Coloproctologia – Dermatologia – Endocrinologia – Gastroenterologia – Geriatria – Ginecologia – Hepatologia – Infectologia – Mastologia – Medicina de Família – Nutrição – Neurologia – Neurocirurgia – Neuropediatria – Obstetrícia – Ortopedia – Oftalmologia – Otorrinolaringologia – Patologia Clínica – Pediatria – Pneumologia – Psicologia – Psiquiatria – Reumatologia – Urologia

Ortopedia e Traumatologia – Especialidades Joelho, Quadril, Coluna, Ombro e Cotovelo – Ortopedia Pediátrica

Para sua melhor comodidade,
levamos as vacinas até sua
casa, condomínio, empresa,
escola e hospitais, seguindo
padrões rígidos de controle
de temperatura e de qualidade.
Utilizamos em nossas aplicações
de vacinas a tecnologia
Cool-Pulse™ (dispositivo Buzzy™),
para redução da dor durante o
procedimento.

Consultas com Médicos Especializados – Exames de Audição (surdez) – Exames para Labirintite (tontura) Testes para Alergia Respiratória – Teste da Orelhinha Vídeo Nasofibroscopia – Vídeo Laringoscopia (cordas vocais) Vídeo Estroboscopia Laríngea – Avaliação Funcional da Deglutinação
Cintilografia Óssea – Cintilografia Óssea Trifásica Cintilografia do Miocárdio – Cintilografia Renal Cintilografia Cerebral – Cintilografia de Tireoide Cintilografia Pulmonar – Cintilografia com Gálio Cintilografia de Refluxo Gastroesofágico Cintilografia de Paratireoide – Cintilografia das Glândulas Salivares – Cintilografia de Viabilidade Miocárdica